UCAV & Escola RCDE logos
Capa do CursoMestrado em Gestão de Equipes de Alto Desempenho

Você terá a oportunidade de realizar voluntariamente suas práticas em diferentes clubes de Barcelona, incluindo o RCD Espanyol ou suas escolas.

Duração: 7 meses
Início: Imediato
Grau: Mestrado
3.915€

Você pode pagar com um pagamento único ou em 3, 6 ou 12 meses!

Mestrado em Gestão de Equipes de Alto Desempenho

Com o Curso de "Mestrado em Gerenciamento de Equipes de Alto Desempenho", aprenderemos a levar toda a entidade esportiva de cima para alcançar o treinador e sua equipe.

A organização e o sistema a seguir são muito importantes quando se trata de administrar uma entidade esportiva. Esses fatores vitais devem ser levados em consideração, porque, se não forem cumpridos, podemos transformar um bom projeto em um desastre.

Controlaremos a coordenação da entidade esportiva , o controle financeiro, os equipamentos esportivos, as instalações esportivas, o primeiro time e todas as categorias inferiores.

Quando falamos em alto desempenho, queremos dizer equipes de primeiro nível, onde elas não apenas competem em nível nacional, mas também se expandem para campeonatos internacionais. Envolve um alto nível de competição e um nível de maturidade.

Também como interpretar as necessidades de cada grupo e resolver os possíveis problemas que surgem (econômico, deslocamento, calendário, etc.).

Os objetivos do Mestrado são fornecer ao aluno conhecimento sobre a gestão eficaz das equipes, levando em consideração todos os fatores, tanto mentalmente quanto da própria organização, tanto no treinamento quanto nas partidas. A gestão de pessoas é um fator diferenciador de excelência em gestão, em qualquer área do esporte. As pessoas formam uma equipe e seu gerenciamento correto determina o sucesso na consecução dos objetivos. Portanto, este curso tem como objetivo desenvolver e melhorar a gestão dos jogadores, competição que influencia a eficácia e das equipes que trabalham sob responsabilidade e, portanto, melhorar a eficácia da equipe como um todo. O conhecimento sobre as tarefas e as responsabilidades necessárias para alcançar o sucesso são extremamente complexos no trabalho do diretor do grupo, tanto no nível metodológico quanto nos fatores a serem levados em consideração. Neste curso, explicamos todo o necessário para liderar de maneira eficaz.

Índice de Mestrado Times de Alto Desempenho
  • 1. INTRODUÇÃO AO FUTEBOL
  • 1.1 Definição de futebol e objetivo dos jogadores
  • 1.2 A taxonomia do jogo
  • 1.3 Esporte da fundação cooperação-oposição
  • 1.4 Desempenho individual e coletivo
  • 1.5 Um passo na história e sua evolução
  • 1.6 Radiologia motora no esporte coletivo
  • 1.7 Os ciclos do jogo
  • 1.8 As táticas, técnicas e capacidades de um jogador
  • 1.9 Os princípios básicos e a natureza do jogo
  • 1.10 Mecanismos necessários à prática
  • 2. CONCEITOS IMPORTANTES DO JOGO
  • 2.1 Espaço e tempo
  • 2.2 A percepção
  • 2.3 Mentalidade tática
  • 2.4 Os aspectos psicológicos
  • 2.5 O jogador e a inteligência
  • 2.6 A criação de sinergias coletivas
  • 2.7 A importância dos objetivos e seu nível emocional
  • 2.8 Talento e suas chaves
  • 2.9 Tomada de decisão
  • 3. CHAVES DE UMA EQUIPE DE FUTEBOL
  • 3.1 A importância do humor
  • 3.2 A base da formação de equipes
  • 3.3 O desenvolvimento evolutivo de uma equipe
  • 3.4 Liderança e suas formas de alcançá-la
  • 3.5 Os tipos e aspectos da personalidade do jogador
  • 3.6 A psicologia e a mente do jogador de futebol
  • 4. FORMULÁRIO E ESTILO DE JOGO
    • 4.1 Estatísticas e importância de fatores na escolha do estilo de jogo
  • 4.1.2 Os dados de um jogador em uma partida com base na posição
  • 4.1.3 Posse da bola
    • 4.2 O jogo da posição: uma maneira de entender o futebol
  • 4.2.1 Definição e conceituação
  • 4.2.2 Critérios para este modo de jogar
  • 4.2.3 Primeiros aspectos a considerar
  • 4.3 Equipes na história com este estilo
  • 4.3.1 Estilo de jogo de futebol mundial
  • 4.4 Estilo e princípios do jogo posicional
  • 4.5 Distribuição por zonas e espaços
  • 4.6 Exemplo em um sistema de saída 433
  • 5. O JOGO POSICIONAL
  • 5.1 Comissionamento
  • 5.2 Ataque organizado
  • 5.2.1 Objetivos por fase, dependendo da zona da bola
  • 5.3 Objetivos para as posições de cada jogador e goleiro
  • 5.3.1 Ações a serem manifestadas por cada jogador no contexto
  • 5.4 Princípios e comportamentos coletivos
  • 5.5 A superioridade no futebol. Tipos e formas de obtê-los
  • 5.6 Princípios específicos do jogo posicional
  • 6. O sistema de jogo e sua importância
  • 6.1 As chaves para escolher um sistema e a importância dentro do jogo posicional.
  • 6.2 O modelo do jogo e o guia da equipe.
  • 6.2.1 Os princípios e subprincípios de um modelo de jogo.
  • 6.3 Os princípios universais do jogo.
  • 6.4 O jogo coletivo a base de uma equipe
  • 6.4.1 Construir ataques combinados
  • 6.5 Maneiras de atacar contra diferentes estilos defensivos
  • 6.6 Organização defensiva após perda
  • 6.6.1 Comportamento após perda
  • 6.6.2 Prensagem e retirada
  • 6.7 Fundações coletivas defensivas
  • 6.8 Estrutura defensiva básica
  • 6.9 Princípios fundamentais para recuperar a bola
  • 7. O ESTILO DEFENSIVO E O COMPORTAMENTO APÓS A RECUPERAÇÃO
  • 7.1 As bases do quadro defensivo
  • 7.2 A forma defensiva de usar e suas variantes
  • 7.3 Princípios de defesa organizada
  • 7.4 Orientação do jogo do rival
  • 7.5 Tipos de posicionamento defensivo
  • 7.6 Fundações coletivas defensivas inquebráveis
  • 7.7 O papel dependendo da posição no campo
  • 7.8 O contra-ataque e sua maneira de explorá-lo
  • 7.9 Aspectos favoráveis e desfavoráveis
  • 7.10 Os slogans e princípios mais importantes para ter sucesso
  • 8. O gerenciamento de uma equipe
  • 8.1 A metodologia e estilos de ensino.
  • 8.2 Treinamento cognitivo.
  • 8.2.1 Aprendizagem significativa
  • 8.3 A descoberta guiada
  • 8.4 Criatividade
  • 8.5 As estratégias metodológicas
  • 8.5.1 Maneiras de condicionar tarefas com um objetivo
  • 8.6 O estilo de gerenciamento e treinamento do treinador
  • 8.7 As formas de comunicação. Assertividade
  • 8.7.1 O controle emocional do treinador
  • 8.8 O endereço da equipe em todos os momentos
  • 8.9 As missões dos membros da equipe técnica
  • 9. COMPETÊNCIAS E CONHECIMENTO DE UM TREINADOR
  • 9.1 Bases da anatomia humana
  • 9.2 A biomecânica do corpo humano
  • 9.3 A nutrição de um atleta
  • 10. AS CHAVES DE UM TREINADOR
  • 10.1 Hábitos eficazes para ser treinador
  • 10.2 A importância da comunicação
  • 10.3 Escuta ativa
  • 10.4 Empatia e assertividade
  • 10.5 Comunicação verbal e não verbal
  • 10.6 Introdução às emoções de um treinador
  • 10.7 A imagem de um treinador e sua identidade
  • 11. IMPLEMENTAR UM ESTILO DE TRABALHO DENTRO DE UM CLUBE
  • 11.1 Comissionamento de todo o processo necessário
  • 11.2 O planejamento global para realizá-lo
  • 11.3 Explicação de um padrão metodológico baseado no estágio evolutivo do jogador
  • 11.4 Educação e valores dentro da entidade
  • 11.5 O estilo de jogo e os princípios da pedreira
  • 12. FORMAS DE FORMAÇÃO
  • 12.1 As fases da aprendizagem
  • 12.2 Planejamento de treinamento em equipe
  • 12.3 Maneiras diferentes de fazê-lo
  • 12.4 O estado da forma de um jogador
  • 12.5 Como alcançar o desempenho ideal
  • 12.6 Volume e intensidade do treinamento
  • 12.7 Fadiga cognitiva
  • 13. A SESSÃO DE FORMAÇÃO
  • 13.1 Princípios do treinamento esportivo
  • 13.2 Aquecer e voltar à calma
  • 13.3 O princípio da especificidade
  • 13.4 Didática do treinamento
  • 13.5 Investigação e análise de métodos de ensino
  • 13.6 Aprendizado diferencial
  • 13.7 A criação da cultura tática
  • 13.8 Treinamento de força e resistência
  • 14. METODOLOGIA DA TAREFA
  • 14.1 Características de aquecimento, aspectos positivos e negativos, exemplos
  • 14.2 Bens não específicos, características, aspectos positivos e negativos, exemplos
  • 14.3 Bens estruturados caracterizados, aspectos positivos e negativos, exemplos
  • 14.3 Conjuntos de posições características, aspectos positivos e negativos, exemplos
  • 14.4 situação preferencial da simulação, características, aspectos positivos e negativos, exemplos
  • 14.5 Partes condicionadas caracterizadas, aspectos positivos e negativos, exemplos
  • 14.6 Partidas reais, características, aspectos positivos e negativos, exemplos
  • 14.7 Pequenos itens, características, aspectos positivos e negativos, exemplos
  • 14.8 Treinamento de força e resistência, características, aspectos positivos e negativos, exemplos
  • 14.9 Características preventivas e compensatórias do trabalho, aspectos positivos e negativos, exemplos
  • 14.10 Justificativa e treinamento para uma bola parada
  • 15. ANÁLISE DO RIVAL DE IMPORTÂNCIA
  • 15.1 Justificativa do escotismo
  • 15.2 Evolução do escotismo
  • 15.3 Tipos de observação
  • 15.4 Aspectos a serem observados pelo analista
  • 16. TRABALHO FINAL

Se você está aqui, é porque está interessado em nossos programas de treinamento.

É provável que você tenha alguma dúvida ou dúvida, por isso recomendamos que você dê uma olhada no nosso seção de perguntas freqüentes.

Lembre-se de que, se você tiver uma pergunta diferente, pode nos consultar ou solicitar informações no arquivo do curso.

Via correio para admisiones@futbollab.com ou por telefone para 34 93 438 60 00

Em colaboração com:

Imagen Escola RCDE

Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar a experiência do usuário através da navegação. Se você continuar navegando, aceita seu uso.